terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Quero-te.
Muito.
Deixas-me.
Atordoada.
Fazes.
As minhas pernas tremer.
Das-me.
Medo e coragem.
entendes-me mesmo sem.
dizer nada.
gosto de.
Trocar silencios contigo

1 comentário:

Marco* disse...

por vezes o silêncio é o melhor diálogo.
porque às vezes não dizermos nada é a expressão do nosso medo.
e ao sermos compreendidos por quem (não) nos ouve é o que nos devia dar a tal.. coragem.

não tens de agradecer, porque tu é que tens a tua arte aqui criada e definida. eu sou um simples simplório.
se o meu comentário te deixou feliz, bem.. o teu deixou-me preplexo. o jogo textual foi perfeito. obrigado!